Como Criar e Vender Cursos Online?

Marketing Digital

Como Criar e Vender Cursos Online?

Prof. Bruno Marinho
Escrito por Prof. Bruno Marinho em maio 21, 2020
JUNTE-SE A MAIS DE 150.000 PESSOAS

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Aprenda Como Criar e Vender Cursos Online com pouco ou zero investimento – isso vai depender dos equipamentos que você já tem aí na sua casa. Mas tudo é totalmente possível! Confira!

Você sabia que o ensino a distância tem sido a modalidade de ensino que mais cresce no país? Segundo o Ministério da Educação, isso se dá porque esse segmento não foi afetado pela crise, talvez, por ser justamente, um meio de acesso à educação mais barato do que os convencionais.

Em função disso, investir na criação e venda de cursos online tem sido uma excelente alternativa para educadores e profissionais que querem avançar em suas carreiras profissionais.

Todavia, é muito comum ter dúvidas sobre como criar e vender cursos online, afinal, essa realmente não é uma tarefa muito fácil.

Mas nesse artigo vamos desvendar todos os mistérios, e eu vou te ensinar o passo a passo de como criar e distribuir seu próprio curso, ok?

Você também vai querer saber: “Onde Fazer Cursos Online Gratuitos com Certificados”

Por que Criar e Vender Cursos Online?

Antes de tudo é importante saber se vale a pena criar e vender cursos online. 

No Brasil, a comercialização de cursos à distância tem sido bem recebida, tanto que, no ano passando diversas pesquisas puderam ressaltar essa premissa.

Portanto, o cenário é favorável, visto que muitos brasileiros não possuem condições financeiras e logísticas de frequentar uma escola técnica presencial.

Mas quais os benefícios de investir em cursos online? Veja a seguir:

Crescimento da modalidade no país

Como já citamos no início do artigo, essa é a modalidade de ensino que mais cresce no Brasil, sendo que de acordo com os dados do Censo EAD de 2016/2017, realizado pela ABED, na época havia quase 570 mil alunos em cursos regulares a distância. Sendo que existiam outros 217 mil em cursos regulamentados como sendo semi-presenciais.

De lá para cá esses números não pararam de subir. Ou seja, investir em cursos online é abraçar um projeto que tem tudo para dar certo. Sobretudo, por conta de seus outros benefícios que veremos a seguir.

Flexibilidade de ensino

Outra grande vantagem dessa modalidade de ensino está em sua flexibilidade, tanto para os alunos quanto para o produtor dos cursos.

Isso porque, não existe um horário fixo para assistir as aulas, bem como, a rotina de ensino pode se adequar a vida pessoal e profissional de ambos.

Isto é, você pode gravar suas vídeo-aulas estando no Amapá, e seus alunos de São Paulo terão acesso ao curso sem nenhum problema. Em suma, esse meio de ensino é mais democrático, pois torna o acesso à educação mais justo.

Custo-benefício

Tanto para quem cria o curso quanto para quem o compra, o curso online é muito mais barato!

O material fica disponibilizado na internet e para isso, os alunos só precisam de um dispositivo com acesso a rede. Já o produtor do curso, vai precisar de alguns poucos equipamentos para criar uma estrutura minimamente aceitável.

Em síntese, criar e vender cursos online é um negócio de excelente custo-benefício!

Leia também: “Gravador de tela para PC: Qual usar?”

marketing com bruno marinho

Como Criar e Vender Cursos Online?

A primeira etapa diz respeito à criação do curso. Portanto, podemos dividi-la da seguinte forma:

Parte 01 – Planejamento

Antes de tudo, é preciso colocar sua ideia no papel. Para isso você precisa criar um planejamento estratégico.

Recomendo a leitura do meu artigo “Plano de Marketing para Afiliados” que também serve para quem não é afiliado. Salve para ler depois.

Identificação do Persona

O primeiro aspecto importante para construir a ideia do seu curso é identificar sua Persona.

A Persona é a representação de público ideal. Nesse sentido, você terá que “descobrir” quais são seus possíveis clientes. Isto é, quem compraria esse curso de você.

E clique aqui se você quer aprender como criar persona sem ter clientes. Pois essa etapa é fundamental para que seu curso online seja acessado.

A partir dessa identificação será mais fácil criar um conteúdo estratégico e focado no problema dos alunos.

Definição dos assuntos que serão abordados no curso

O próximo passo se refere a definição dos assuntos que estarão dentro do seu curso.

O conteúdo precisa ser completo, por isso, anote todas as ideias e não deixe escapar nenhuma questão importante.

Uma dica bacana é dividir o conteúdo em tópicos para facilitar a visualização no papel. Dessa forma você garante que nada seja esquecido.

Estruturação do tempo de duração de cada aula

Já com a definição dos assuntos que você irá abordar, vamos para a estruturação desse conteúdo. Isso inclui o tempo de duração de cada aula.

É importante dividir as aulas por igual. Exemplo: todas terão entre 30 a 40 minutos, do contrário o curso pode ficar cansativo.

Definição de módulos e divisão de aulas

Com o tempo de duração estipulado para cada aula, você conseguirá dividir todo o material em módulos.

Isso será importante, sobretudo, para quando você for migrar seu curso para alguma plataforma EAD.

Essa divisão precisa fazer sentido, pois a ideia é facilitar o entendimento do aluno e não confundi-lo com um conteúdo todo fora do contexto.

Procure iniciar com uma parte teórica e depois passe para a parte prática. Isso costuma ser mais aceito entre os alunos.

Parte 02 – Criação do material

Após ter seguido todos os passos da parte 01, vamos para a próxima etapa. Aqui, você vai colocar a mão na massa e começar a criar seu curso online.

Gravação de aulas

É importante ter em mente que um curso para ser bom, precisa ser gravado em vídeo.

Você até pode tentar fazer de outro modo, mas dificilmente o seu curso online será bem aceito. Mas as pessoas gostam do ‘olho no olho’ ainda que virtual. Por isso, procure mecanismos para gravar seu conteúdo em vídeo.

Pode ser através de uma câmera profissional, bem como, pode ser por meio de um celular que tenha uma boa captação de imagem. O mais importante desse processo, é sua boa vontade em ensinar.

Sendo assim, com um equipamento para captar imagem e outro para captar o som da sua voz, já é possível gravar suas aulas.

Dica para gravar seus vídeos: crie um roteiro de vídeo. Através do roteiro será mais fácil lembrar de todos os tópicos que serão abordados no vídeo.

Materiais complementares

Também é importante oferecer materiais complementares para seus alunos, como por exemplo, apostilas e e-books.

Se você tiver um blog, também pode incluir seus artigos como parte dos materiais complementares.

Lembre-se de oferecer apenas conteúdos originais, nada de copiar o conteúdo de outras pessoas.

Parte 03 – Hospedagem

Agora vamos para a terceira etapa, onde você já tem seu material gravado e seus materiais complementares, portanto, falta apenas a “casa do seu curso”.

Nesse hiato, é preciso escolher onde hospedar seu curso. Precisa ser um ambiente seguro e que passe confiança para seus alunos. Além disso, a hospedagem deverá possibilitar a monetização do curso, facilitando pagamento e recebimento.

A Hotmart é uma excelente plataforma para isso! Vale a pena conferir!

Edição e Personalização do Conteúdo

Depois de ter escolhido sua plataforma de hospedagem, você poderá personalizar o layout do seu curso, a fim de torná-lo o mais atraente possível.

Adicione imagens, logotipo (se tiver) e escolha uma paleta de cores que te transforme em referência no segmento. Acesse nosso artigo sobre Branding para saber mais sobre o assunto.

Suporte responsivo

Outro aspecto relevante é optar por uma empresa de hospedagem que garanta suporte responsivo. Ou seja, seu curso precisa ser acessado por alunos que usam diferentes dispositivos. Como por exemplo, notebook, tablets e smartphones.

Isso é muito importante e você não pode esquecer de jeito algum!

Distribuição e gestão de pagamento

E por fim, sua plataforma deve oferecer um meio simplificado de pagamento e recebimento. Afinal, seus alunos precisam conseguir comprar seu acesso às aulas de uma maneira fácil e sem complicações.

O ideal é oferecer pagamento por meio de cartão de crédito, boleto, bancos digitais e até mesmo, pagamentos internacionais etc.

marketing com bruno marinho

Como vender seu curso online

E chegamos à etapa mais esperada de todas, como vender seu curso online?

Você pode escolher entre 3 opções:

  • Venda de curso completo – Essa é a mais comum onde o aluno compra todo o curso e paga uma só vez;
  • Comercialização de módulos ou aulas separadas – Nesse caso existe a possibilidade de vender apenas os módulos de maneira separada (não é muito comum, mas pode acontecer);
  • Venda de assinaturas mensais – Essa maneira serve para os produtores que adicionam novos módulos e aulas mensalmente ao curso, deixando-o sempre atualizado.

Recomendo a primeira alternativa, mas tudo vai depender do seu nicho, da sua persona e das suas condições disponíveis.

Como divulgar seu curso online?

A seguir, segue minha sugestão de divulgação de cursos online:

Redes Sociais

Sem dúvidas esse é o método mais eficaz para potencializar o alcance dos seus cursos.

Você pode divulgar seu curso através de:

  • Posts no Facebook
  • Imagens no Instagram
  • Lista de transmissão no WhatsApp
  • Post no Pinterest e Twitter

Tudo é válido para garantir que o maior número de pessoas irá encontrar seu conteúdo.

E-mail Marketing

Investir na automação de e-mail marketing é outra excelente alternativa de divulgação.

Você pode enviar seu material de divulgação para o e-mail de pessoas que acessam seu site, blog, ou ainda, suas páginas de vendas.

Links Patrocinados

Por último, use os links patrocinados.

Facebook Ads e Google Ads são excelentes ferramentas de divulgação.

Para isso, use a segmentação de anúncios, dessa forma será mais fácil encontrar o público interessado em aprender o que você está ensinando.

Viu só quanta dica incrível para criar e vender seu curso online? Agora assine nossa Newsletter para receber mais conteúdos como esse em primeira mão!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.