Mapa Mental: O que é e Como Fazer

Desenvolvimento Pessoal

Mapa Mental: O que é e Como Fazer

Prof. Bruno Marinho
Escrito por Prof. Bruno Marinho em maio 22, 2020
JUNTE-SE A MAIS DE 150.000 PESSOAS

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Muito se ouve falar sobre Mapa Mental. Mas você sabe o que isso quer dizer? E se sabe o que é, já aprendeu como fazer um Mapa Mental atraente e intuitivo? Aprenda nesse artigo!

Em suma, o mapa mental é um diagrama. Portanto, o conceito por trás dessa ferramenta, é organizar ideias em ‘escalas’, fazendo com que tudo o que você tem à dizer possa ser representado visualmente.

A finalidade de construir um mapa mental é fazer com que o espectador, isto é, a pessoa que está assistindo sua aula ou apresentação, compreenda com clareza todas as informações que estão sendo passadas ali.

Nesse sentido, você deverá construir um mapa mental que facilite a memorização de aspectos importantes em seu projeto.

Você também vai querer saber: “Como Criar e Vender Cursos Online?”

O que é um Mapa Mental?

Portanto, podemos concluir que um mapa mental é a ferramenta que possibilita a organização de diferentes ideias e informações, formando um ‘guia de pensamentos’ sobre determinado assunto.

Em outras palavras, você irá compilar todas os contextos de um conhecimento específico em um só lugar, porém, de um jeito bastante organizado, que possa orientar o aluno, por exemplo, a entender melhor sobre os temas abordados na aula.

Para que serve um Mapa Mental?

Mas, talvez você esteja se perguntando “para que serve um mapa mental?”. 

Para diferentes finalidades. Como por exemplo, para criar resumo de aulas, resumo de livros etc. Bem como, para desenvolver estruturas de estudo, a fim de deixar o aprendizado do aluno mais dinâmico.

O melhor de tudo, é que você pode trabalhar palavras-chave dentro do mapa mental. Ou seja, através de termos específicos você consegue acentuar determinadas linhas de raciocínio, fazendo com que o aprendizado do aluno seja mais produtivo.

Por exemplo, se você está dando uma aula de Marketing Digital, e tem como base uma apostila com diferentes módulos. Mas, quer abordar apenas um assunto específico, pode usar esse assunto como palavra-chave dentro do mapa mental – melhorando a visualização do aluno e fazendo com que a memorização sobre o tema se torne mais fácil e eficaz.

Em síntese, o mapa mental serve para fortalecer a memória de quem o visualiza. Portanto, é um recurso incrível para quem precisa ensinar sobre algum assunto, disciplina etc.

Além disso, você pode usar o mapa mental para compartilhar ideias, sendo que, por meio dele é possível acompanhar processos de gestão e outras métricas que validam o aprendizado.

Leia também: “Automação de E-mail Marketing: Qual a melhor ferramenta?”

marketing digital com bruno marinho

Quais são as vantagens de fazer um Mapa Mental?

Facilitar a memorização

Em primeiro lugar, o maior benefício de apostar em um mapa mental é que ele aumenta as chances de seus alunos memorizarem as informações que você está tentando passar.

Isso porque, através do mapa mental é possível investir na ‘política de associação’, onde uma ideia leva a outra.

Afinal, através do mapa mental é possível ramificar um tema, subdividindo ele em outros temas menores e assim por diante. Dessa forma, o diagrama vai se formando conforme o aluno vai avançando no aprendizado. O que por sua vez, é muito legal!

Organizar as ideias de maneira prática

Outra vantagem está na organização.

Por ser uma estrutura que vai se formando a cada nova informação acrescentada, é possível alinhar todas as ideias de maneira organizada.

O mapa mental é interativo, ou seja, ele vai se formando no decorrer de cada novo processo. Por isso, fica mais fácil organizar toda a estrutura dessa forma, assim nenhuma ideia será perdida ao longo da jornada.

Explorar sua criatividade

Você pode inserir imagens, legendas, vetores etc – tudo para compor seu mapa mental de maneira criativa e diferenciada.

Como resultado, quem estiver estudando com você poderá ter o privilégio de aprender de um jeito mais divertido e dinâmico.

Como Fazer um Mapa Mental

Agora vamos aprender como fazer um mapa mental. Anote aí:

#1 – Divida o assunto em tópicos

Antes de tudo, pegue o tema de sua aula e divida em tópicos. Isto é, a partir da ideia principal, você irá incluir temas subjacentes, que deverão complementar o que você tem a dizer.

Por exemplo:

  • Tema central “Marketing Digital”
  • Subtema “E-mail Marketing”
  • Tópicos importantes “automação de e-mails”, “ferramentas”, “conteúdo” etc.

Uma outra forma de fazer isso é criar um resumo com base na sua palavra-chave principal. Isso vai depender da sua metodologia de ensino.

#2 – Prepare o conteúdo

Agora que você já definiu os tópicos do seu mapa mental, é preciso começar a trabalhar o conteúdo.

Seus alunos precisam receber um material que, de fato, ensine. Por isso, será preciso utilizar uma linguagem inclusiva, ou seja, de fácil compreensão.

Além disso, junto com o texto, selecione imagens e vetores que possam compor sua ideia. Isso facilitará ainda mais o entendimento.

#3 – Defina as prioridades

Para montar um mapa mental coerente é preciso definir as prioridades.

Nesse sentido, destaque os tópicos com fontes maiores. Também use negrito sempre que possível. Tudo o que puder facilitar a visualização de suas ideias, será importante para o aluno.

Não existe uma quantidade máxima de ramificações, portanto, pode construir seu mapa mental sem medo. Pois o objetivo é conseguir se fazer entendido.

#4 – Organize toda a estrutura

Quando você tiver com a estrutura pronta, reorganize-a novamente.

Tente deixar o mais compacto possível!

O legal de construir essa ferramenta é que você pode editar sempre que necessário. Isso dará mais força para seu projeto e o deixará com cara de diagrama profissional!

Plataformas para criar Mapas Mentais

Obviamente, que você irá criar um mapa mental no computador, até porque, estamos supondo aqui que você vá dar aulas online, ou criar vídeos para o Youtube, ou algo do tipo. Nesse hiato, confira algumas ferramentas que irão te ajudar nesse processo:

  • Coggle Essa plataforma é online e grátis. Você pode compartilhar seus mapas mentais, apresentando suas ideias para diversas pessoas ao mesmo tempo;
  • Bubbl.usAqui temos uma plataforma que também pode ser usada no celular. Ele é gratuito, mas também possui versão paga. Você pode editar seu mapa com diversas cores e links. Também dá para compartilhar com mais de um grupo de pessoas;
  • Creately — Essa ferramenta já vem com vários modelos de diagramas, sendo que, apenas 5 são gratuitos. Mas já dá para começar. Ele é bem fácil de usar e você pode adicionar muitas ideias e informações ao longo do projeto;
  • MindMup — Esse aqui pode ser compartilhado com o Google Drive, o que é bem legal, pois assim você não corre o risco de perder arquivos. Existe a versão grátis, mas também há um plano pago.

Agora que você já sabe o que é e como fazer seu projeto, mão na massa!

Aproveite para se inscrever em Meu Canal no Youtube.

Por lá ensino o passo a passo de como criar uma estrutura profissional para trabalhar com anúncios, marketing digital e tudo mais. Inclusive, você me verá trabalhar com diversos mapas mentais o tempo todo!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.